…desejando que a plenitude de sua vida seja reformada!

Série “Reforma para hoje”: Sola Scriptura – Introdução

ImagemImagemNa atualidade, as igrejas são voltadas quase que em sua totalidade ao pragmatismo. O que direciona elas é o crescimento numérico, pois, isso é uma demonstração de que Deus está agindo nessa igreja, não importam os meios. Todas as campanhas, liturgia (se é que há alguma), acampamentos, retiros, festas, eventos, etc., são totalmente voltadas a atrair pessoas. A Bíblia, inclusive, serve apenas para mostrar um meio pelo qual as pessoas que são atraídas se sintam melhor ainda. Faz com que elas se sintam seguras, magicamente ricas, saudáveis, prósperas, livres de qualquer demônio, praticantes de boas obras, melhores do que os que não praticam boas obras.

Essas igrejas são o referencial para o evangelicalismo contemporâneo. Se perguntarmos para algum cristão evangélico qual é o principal objetivo da igreja, a resposta geralmente é “PESSOAS”. Sim, O MAIOR OBJETIVO DA IGREJA EVANGÉLICA CONTEMPORÂNEA SÃO AS PESSOAS. Mas bem, não iremos falar de objetivo da igreja agora.

A igreja de hoje em dia não tem norte nenhum quando se trata do modo pelo qual ela vai atrair pessoas. Não importa como, elas têm que atrair pessoas, senão, essa igreja será sinônima de “igreja morta”. Igreja morta é igreja inútil.

Meus irmãos, vocês conseguem ver o tamanho do lixo que a igreja conseguiu se enfiar? Uma das maiores batalhas da Reforma foi tirar o homem do trono, e colocar Deus, e em retribuição ao favor, a igreja contemporânea deixou tudo o que a Reforma conquistou de lado e se amontoou no lixo do antropocentrismo NOVAMENTE.

Um grande amigo e irmão meu fez um comentário muito oportuno sobre isso: “Com a ICAR o homem estava no trono, mas era o religioso.. O papa, o padre, esses mandavam. Com a Reforma isso mudou, mas hoje além de haver entre evangélicos uma idolatria a apóstolos , bispos, etc; eles tem colocados todo e qualquer “homem comum” no trono, com mensagens antropocêntricas pra arrecadar fiéis. Então no mesmo fato dá pra dizer que melhorou socialmente por trazer igualdade entre os homens (na teoria) mas que piorou no sentido de elevaram a todos em relação a Deus, como jamais devia ter sido feito” (Fernando Santos Frezza).

Devemos voltar ao “Sola Scriptura” do mesmo modo que o filho pródigo voltou correndo aos braços do pai. A “igreja” decidiu pegar o conhecimento que tinha recebido das Escrituras e usá-los do modo que ela queria, e então, está na fase agora de reconhecer TAMANHA PODRIDÃO E MISÉRIA QUE ELA SE METEU, E VOLTAR URGENTEMENTE PARA “A DIREÇÃO DA MARAVILHOSA PALAVRA DE DEUS”.

Esse é primeiro grito, o primeiro clamor desesperado da Reforma Protestante: SOLA SCRIPTURA!

Vou tentar expor resumidamente a ideia de Sola Scriptura:

Reconhece-se a autoridade das Escrituras sobre toda e qualquer controvérsia. É o referencial para toda a formulação doutrinária da igreja (ou deveria ser). A Bíblia é a revelação viva e direta de Deus, a única revelação especial de Deus.

A autoridade das Escrituras não é conferida pela igreja, mas reconhecida. Ela é intrínseca, mesmo se determinada instituição religiosa não aceita a sua autoridade, ela nunca deixará de tê-la. A igreja apenas oficializou um cânon que já era aceito.

Não foi a igreja que criou as Escrituras, mas, baseando-se nelas que esta foi criada. Uma igreja sem base nas Escrituras não é igreja.

O reconhecimento pessoal de autoridade das Escrituras vem somente através do Espírito Santo.

Depois dessa pequena introdução, postarei uma exposição do Salmo 119, o maior capítulo da Bíblia, que, coincidentemente, fala apenas das Escrituras. Tentarei, resumidamente, expor em duas partes o conteúdo desse Salmo (O conteúdo exposto será Sl 119.1 – 16; 25 – 40; 65 – 72; 89 – 112; 129 – 144). Que Deus seja glorificado!

MAS, PARA QUE A VERDADEIRA RELIGIÃO RESPLANDEÇA EM NÓS, É PRECISO QUE ELA SEJA O PONTO DE PARTIDA DA DOUTRINA CELESTE, POIS NÃO PODE PROVAR SE QUER O MAIS LEVE GOSTO DA RETA E SÃ DOUTRINA, SENÃO AQUELE QUE SE TORNAR DISCÍPULO DA ESCRITURA” (João Calvino)

Diego Beltrame

SOLI DEO GLORIA

#OutubroReforma

Anúncios

Uma resposta

  1. Sim é exatamente, existe mais idolatria, mais tietes, mais animadores de auditório, nas igrejas.Não aguento mais tanto mundanismo e falta de Biblia. Não consigo ir aos cultos e ver os ministros de louvor gritando e imitando os idolos. basta.

    13/10/2012 às 18:35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s